Religiosidade, Cultura e História marcam Procissão dos Passos em Oeiras

por rogerio — publicado 23/03/2015 11h54, última modificação 23/03/2015 11h54
A Procissão dos Passos em Oeiras é realizada desde o fim do século 18 e representa o caminho percorrido por Jesus até sua crucificação. É realizada na sexta-feira que antecede a sexta-feira da paixão e reúne milhares de fiéis que vem pedir bênçãos e pagar promessas. Este ano será celebrada no dia 27 de março.
Religiosidade, Cultura e História marcam Procissão dos Passos em Oeiras

Pe. Cleyton Vieira / Foto: Marcio Daniel

Nas horas que antecedem a festa, os romeiros começam a chegar à cidade onde fica a imagem, que remonta ao século XVIII, ainda na colonização do Brasil.
 
Para o Padre Cleyton Vieira, a procissão da sexta-feira de passos é uma das grandes manifestações religiosas do estado do Piauí e do Norte e Nordeste do Brasil. “Ela é grandiosa por vários motivos. O primeiro é pela própria quantidade de pessoas que participam da procissão, todo ano a média é de 30 mil a 40 mil pessoas. A expectativa é que a cada ano aumente o número”, ressalta.

 

O Padre ressalta que na região de Oeiras existem pessoas que passam a noite caminhando de suas comunidades rurais até a Capital da Fé para participar da procissão. “Ema também é grandiosa pela própria espiritualidade que ela traz. É um momento muito rico de oração, de fé, onde os romeiros vem agradecer ao Bom Jesus dos Passos pelo tempo de caminhada”, enfatiza.
 
O Historiador  Junior Vianna lembra que a procissão tem uma importância histórica relevante. Ele destaca que ela termina se tornando uma identidade para a população local e os devotos de Bom Jesus dos Passos. “É um momento no qual a população de Oeiras deixa bem clara para as demais cidades o quanto ela tem uma relação afetuoso com  a religião católica’, disse o historiador, afirmando que a relação entre sociedade e manifestações religiosas faz com que Oeiras tenha uma característica cultural diferenciada das demais cidades brasileiras.

 

Ainda de acordo com o Historiador, a Festa do Bom Jesus dos Passos em Oeiras é a terceira maior Romaria do Nordeste. “É um momento histórico por que percebemos que as gerações vem passando a tradição e é uma manifestação cultural, pois as festividades são dotadas de uma grande quantidade de símbolos, sendo uma manifestação essencialmente da vida humana”, finaliza.

 

Fonte: Portal Integração