Oeirenses fazem manifestação nas ruas contra violência

por rogerio — publicado 17/04/2015 12h34, última modificação 17/04/2015 12h34
Amigos e familiares da menor Vitóryah Karollinny Sá, morta depois de ser atingida por tiros disparados pelo seu padastro, realizaram na manhã desta sexta feira, 17, uma caminhada com cartazes pedindo paz e dizendo não a violência.
Oeirenses fazem manifestação nas ruas contra violência

Manifestantes

O Crime aconteceu após o fim do relacionamento com a professora Maria Luzinete de Almeida, conhecida por Netinha. Não conformado, disparou seis tiros contra os filhos de sua ex-companheira, dois adolescentes, uma menina de 15 e um menino de 13 anos.