Câmara de Oeiras elogia Almanaque criado em homenagem a Possidônio de Queiroz

por rogerio — publicado 27/05/2015 12h02, última modificação 27/05/2015 12h02
Na sessão da Câmara de Vereadores realizada na última segunda-feira, 25, o vereador Letiano elogiou o Instituto Barros de Ensino, escola da rede privada no município, pela criação e envio de um almanaque bibliográfico para aquela Casa Legislativa.
Câmara de Oeiras elogia Almanaque criado em homenagem a Possidônio de Queiroz

Possidônio de Queiroz

O almanaque foi feito em homenagem a Possidônio de Queiroz. Possidônio Nunes Queiroz nasceu em 17 de maio de 1904; 52 anos após a transferência da capital piauiense de Oeiras (onde permaneceu por 93 anos ? 1759-1852) para Teresina. Filho do agricultor Raimundo Nunes de Queiroz e de Francisca Soares Queiroz.

Ele era negro e não teve educação formal, amante de Oeiras, nunca quis sair para estudar fora, apesar disso sempre viveu rodeado de livros e fazendo muito bom proveito deles, tornou-se autodidata em relação a todas as atividades que aprendeu e desenvolveu com maestria, inclusive como músico flautista.

“A autora é Francisca Shayane Avelino, historiadora  formada pela Universidade Federal do Piaui, e pleo pórrio neto do homenageado, Francisco Marley de Queiroz Lima, professor de História da Universidade Estadual do Piauí”, informou o vereador Letiano, ressaltando que o homenageado é uma inteligencia privilegiada da cidade de Oeiras.

Da redação
Portal Integração